Sign up your free travel blog today!
Email: Password:
Our Blog Our Photos Our Diary Our Movies Our Map Message Board
Buy DVD

Buy Gift Voucher

Barco da Vida-Fazer Acontecer!
11th Dec 2008 - 30th Jan 2009
Vida de Cruzeirista - Romance x Realidade

Vamos direto ao assunto. O sol se pondo bem na popa do barco. Você senta no cockpit ao lado de sua esposa que chega com uma cuba-libre com muito gelo (comprado no bar e que durara somente um dia na geladeira). As crianças estão brincando com os cabos da adriça no convés de proa muito felizes. A ancoragem é linda, protegida e com uma prainha bem ao fundo. A ancora esta bem grudada num fundo de areia branca. A vida não poderia ser melhor! Romance? Sim. Realidade? Com certeza. Agora são 01:00 da manha e você acorda e percebe que o vento rondou e aumentou, pois já está assobiando nos estais. Você poe a cabeça para fora da gaiuta e percebe que aquele vizinho simplesmente não esta mais no lugar. Alias ele esta muito longe. Com certeza a ancora se soltou e você esta, vagarosamente, indo em direção dos corais. No mesmo minuto, você pega a lanterna de cabeça, grita para sua esposa acordar e a correria começa. Liga o motor, liga o guincho, e sua esposa não entende bem o que você quer fazer. Neste momento, você já esta em cima da proa de outro barco, que também acordou e começa a gritar para você sair, pois você é um irresponsável de deixar isto acontecer, provavelmente tudo isto xingado em alemão. Para encurtar, depois de 2 horas de muito perrengue, você re-ancora, não muito confiante do lugar, pois esta escuro e o estresse não te deixa pensar com calma. Mas mesmo assim, parece que ancora segurou e você volta ao cockpit, pois o vento ainda forte não te deixa relaxar e ali você adormece, sentado. Romance? Sem chance. Realidade. Total.

Outro exemplo. Comemos frango por 4 meses, pois não há carne de boi no caribe. E se há, o preço logo já te da ânsia de vomito.

E vai outro exemplo:- Rodrigo, a água do barco acabou.- Mas Márcia, estamos em Tobago e aqui não tem marina, nem sequer um píer publico para encostar.- Não da para você pegar os galões e arranjar em algum lugar?Moral da estória, depois umas tantas viagens com o caíque e com a ajuda de um rapaz local para ceder água da mangueira de sua casa, mais umas cervejas de pagamento, consegui levar 200 litros para o barco. E durou poucos dias......E vamos tudo novamente. Alias, já virei amigo do rapaz. Romantismo? Acho que não. Realidade? Com certeza.

E assim vai. Os casos são inúmeros e não param de acontecer. Portanto, pense bem, veja realmente o que você e sua família querem. Não entre nessa somente pelo romantismo. Entenda os motivos que o levam a esta decisão.  Converse com pessoas que já viveram este sonho anteriormente. Tenha o máximo de informações disponíveis, pois mesmo assim, você terá que lidar com muitas surpresas. 

A vida no mar é tão dura quanto na cidade, porem as trocas que você faz podem valer a pena. Afinal, quando se almeja alguma mudança, seja aonde for, será sempre uma troca. Nunca ganhamos de ambos os lados. Portanto entenda esta troca e quais os novos valores você terá de adquirir para fazer a transição sem muitos sobressaltos.

Bons ventos  e....oooops, a cuba libre chegou e junto veio um paozinho de alho!!



Next: Release e CV - Temporada no Brasil
Previous: Para quem sonha em Fazer Acontecer...no Mar


Diary Photos

Apresentação Do´s Vale

Travessia perfeita

Paella

Marcia no mastro checando windex

Apresentação Do´s Vale


741 Words | This page has been read 3816 timesView Printable Version